Natal Feliz

Família Ogawa1Então é Natal…
E neste momento, desde a noite de ontem, quantos estão metidos em embriaguez, curtindo música e danças profanas; quantos, desde a noite de ontem, estão metidos em adultério e outros pecados graves! Sim, e isto não porque é Natal, não, NÃO! Mas porque muita gente perdeu ou ignora completamente o sentido desta palavra.
Muitos estão querendo tirar da manjedoura o Menino Jesus para colocar o Papai Noel. Muitos se juntam aos familiares e amigos para a ceia de Natal, e nesta ceia, é claro, não pode faltar a bebida alcoólica. Daí acontece o que eu já citei mais acima ao começar este texto. É triste e lamentável!
Que não aconteça o mesmo com nós católicos, longe de nós tal realidade!
O desenho mostra uma família católica fazendo como devemos proceder em nossas casas neste dia tão lindo. Reunir a família para rezar. E em vez de ornamentarmos o nosso lar com papai Noel, compremos uma imagem do Menino Jesus (se não puder comprar o presépio completo) coloquemos num lugar de destaque, improvisemos um altar com flores e velas, para ali homenagearmos o Aniversariante deste dia. Reunamos a nossa família para rezar, para, ao exemplo da Sagrada Família de Nazaré, contemplar com solenidade o Filho de Deus que se fez tão pequenino no ser de uma frágil criancinha que deitou o seu lombinho sobre uma rústica manjedoura.
Oh! Quantas graças serão ali derramadas! Quantos milagres poderão ser realizados nesta noite de Natal! Quantas almas convertidas e salvas! Católicos, não deixem passar a graça.
Desejo a todos muita felicidade, saúde paz e perseverança na busca da santidade. Que Nossa Senhora abençoe e proteja a todos vocês.
Um feliz e santo Natal, e que 2013 venha recheado de muitas graças e bênçãos para a sua vida e toda a sua família.
Salve Maria!

Cegas voluntárias

A página Tirinhas da Maria fez uma pequena homenagem à querida florzinha de Jesus Santa Teresinha do Menino Jesus. Infelizmente não consegui terminar o desenho mais cedo, mas graças a Deus terminei no mesmo dia.
Ilustrei uma cena que aconteceu, de fato, na vida de nossa Santinha quando ainda era criança. Esse episódio me arrancou risos quando estava lendo História de uma alma, há seis anos.
Para quem tem o livro, o episódio se encontra na página 68. Confiram lá com mais detalhes.

Segue abaixo um trechinho do livro que narra a cena.
“Maria e eu tínhamos sempre os mesmos palpites. Os próprios gostos afinavam-se tão harmoniosamente que, certa vez, nossa união de vontade passou da conta. Ao voltarmos uma tarde da Abadia, disse à Maria: ‘Conduze-me, que vou fechar os olhos’. _‘Eu também quero fechá-los’, respondeu-me. Dito e feito. Sem discutir, cada qual pôs em obra sua vontade… Estávamos na calçada, não havia o que temer dos veículos. Depois de agradável caminhada de alguns minutos, tendo apreciado o gozo de andar sem ver, as duas estouvadinhas tombaram juntas por cima de umas caixas colocadas à parte de uma loja, por outra, derrubaram-nas. Muito encolerizado, saiu o negociante para levantar a mercadoria. As duas cegas voluntárias se levantaram por si mesmas em boas condições, e corriam a passos largos, com olhos arregalados…”
(História de Uma Alma – manuscritos autobiográficos- Manuscrito A – página 68)

Por que usar saia abaixo dos joelhos?

Por que usar saia abaixo dos joelhos?

Muitas pessoas, mesmo católicas, não compreendem por que as moças que buscam viver a modéstia no vestir, sempre usam saias somente abaixo dos joelhos, pensam que é um exagero! Bom, esta tirinha mostra exatamente por que.

No quadro nº 01 vemos que a personagem está vestindo uma saia um pouquinho acima dos joelhos, um pouquinho apenas. Muitos até consideram este tamanho modesto, pois está mostrando praticamente apenas os joelhos.

Pois bem, olhe agora para o quadro Nº02. Quando o personagem senta, a saia imediatamente sobe para se ajustar ao corpo, e isso faz com que as coxas fiquem à mostra. Podemos ainda dizer que essa saia é modesta? Ou que está de bom tamanho? Não duvido que alguém o diga, mas a pessoa que quer viver o pudor e a modéstia com honestidade vai concordar que esta saia está curta sim! E a moça que insistir em vestir saias neste comprimento deverá ter a consciência de que poderá estar colocando almas em perigo.

Agora no quadro Nº03 vemos que a personagem está vestindo uma saia comportada com o comprimento um pouco abaixo dos joelhos. Além de mais compridinha, ela não é justa, e ao sentar-se, ela não subirá, mas ao contrário, descerá cobrindo ainda mais as pernas (vide quadro Nº04).

Vestida assim, com pudor e modéstia, a moça não colocará a si mesma, nem o próximo em perigo, além de que estará até mais confortável.
Vou encerrar deixando aqui o testemunho de Santa Perpétua narrado pelo Santo Padre Pio XII:

“Lemos na “Passio SS Perpetuae et Felicitatis” – com justiça considerada uma das maiores obras da literatura cristã – que no anfiteatro de Cartago, quando a martir Víbia Perpétua, jogada para o alto por uma vaca selvagem, caiu no chão, seu primeiro pensamento e ação foi arrumar o vestido de modo a cubrir sua coxa porque ela estava mais preocupada com a modéstia do que com a dor.” S.S.Pio Xll – Alocução as Moças da Ação Católica

Salve Maria!

Maria Bastos

Quem é o pai?

Mulher guarda teu corpo e salva tua alma.

Nesta tirinha há um personagem que representa a situação de muitas mulheres de nosso país. É esta mãe de muitas crianças, e cada uma de um pai diferente. Ela não é a figura de uma prostituta, pois se fosse, não teria esse tanto de filhos. Certamente as prostitutas se “previnem” e se ainda assim aparece alguma barriga “indesejável”, não duvido que entre em ação o aborto. Também não são as suas vestes que indicam que ela é uma “mulher da vida”, ora, pois, nos dias de hoje até as moças de família se vestem assim. Não deveriam, mas vestem.

Ela é a figura de uma mulher que veio de vários relacionamentos que não deram certo. Quantas mulheres estão aí que se iludem com propostas desonestas de muitos homens que não cumprem com seus compromissos…
Pobres mulheres vítimas do mundo e de si mesmas! Vítimas de sua própria ignorância. Desconhecem o grandioso valor que possuem em si, e trocam esse valor por poeira, por prejuízos.
Essas pobres mulheres não tiveram nenhuma formação espiritual. Pouco conhecem a Deus e pouco O amam; por isso pouco amam ou prezam a si mesmas. Somos criados à imagem e semelhança de Deus, se compreendessem essa verdade, não cairiam elas nessa destruição em que se encontram.
É preciso que o conhecimento de Deus chegue ao coração dessas pessoas, daí não ousariam profanar o templo do Espírito Santo que é o seu próprio corpo.

Ó, mulheres, se conhecessem a jóia preciosa que tem em vós, guardariam sob mil chaves!
Assim como a pérola está guardada sob a concha rígida de uma ostra, deveria estar assim, bem protegida a dignidade da mulher, sob a fortaleza de suas virtudes. Pois Deus concedeu a ela tesouro infinitamente mais valioso que a pérola concedida à ostra.
E é triste ver essa riqueza sendo jogada pelo ralo. Por isso, caríssimos, com essa tirinha os convido a rezar pelas mulheres e os homens que não conhecem e ou não valorizam esse tesouro precioso.
Salve Maria!

Maria Bastos

E quando uma moça católica…

Nós moças católicas que levamos a sério a santa modéstia no vestir e buscamos vivê-la, somos, muitas vezes, chamadas de puritanas e especialmente por mulheres católicas ou que se dizem católicas. Mas nós nos vestimos assim por amor a Deus, buscando ao menos tentar seguir o exemplo de Nossa Senhora, e por caridade e amor ao próximo, especialmente nossos irmãos os homens que são os que mais sofrem hoje em dia com o modo de vestir das mulheres, inclusive católicas.

Criei essa tirinha inspirada no diálogo com alguns rapazes amigos meus. E já vi também apelo de um jovem católico que chegou a pedir para nós moças que tenhamos a caridade de ajudá-los nessa difícil luta pela castidade, pois não é nada fácil para eles. E muitas moças têm o receio de se vestirem bem, cobrindo com recato o seu corpo por medo de os rapazes não as acharem mais atraentes, têm medo de ficarem feias ou parecidas com velhas, mas vou postar aqui um pequeno trecho de uma conversa que tive com um de meus amigos, o Wendel Jam, sobre este assunto:

“Jesus disse: ‘aquele que olhar para uma mulher com desejo de possuí-la já cometeu adultério em sua mente’. Os homens são mais visuais, Maria (…). A mulher é especial nas formas, realmente é algo atraente a se olhar, mas é exatamente porque é tão bom e tão belo que deve ser guardado (…). Como seria bom se as mulheres guardassem seus corpos, assim o que é tão belo, teria o devido valor e respeito. Duvido que alguém sairia com um colar de diamante num lugar cheio de traficantes, ladrões… Por que não expõe o diamante assim na rua? Porque terão pessoas que irão querer roubá-lo! Se a mulher valoriza seu corpo, igualmente não pode expô-lo! Mas a mulher vale mais que o diamante! Então por que se expõem? Também existem os ‘ladrões’ por aí que irão querer aquele corpo apenas para usar e descartar…”

Bom, acho que não preciso dizer mais nada. Salve Maria!

Maria Bastos