Arquivo | novembro 2012

Cegas voluntárias

A página Tirinhas da Maria fez uma pequena homenagem à querida florzinha de Jesus Santa Teresinha do Menino Jesus. Infelizmente não consegui terminar o desenho mais cedo, mas graças a Deus terminei no mesmo dia.
Ilustrei uma cena que aconteceu, de fato, na vida de nossa Santinha quando ainda era criança. Esse episódio me arrancou risos quando estava lendo História de uma alma, há seis anos.
Para quem tem o livro, o episódio se encontra na página 68. Confiram lá com mais detalhes.

Segue abaixo um trechinho do livro que narra a cena.
“Maria e eu tínhamos sempre os mesmos palpites. Os próprios gostos afinavam-se tão harmoniosamente que, certa vez, nossa união de vontade passou da conta. Ao voltarmos uma tarde da Abadia, disse à Maria: ‘Conduze-me, que vou fechar os olhos’. _‘Eu também quero fechá-los’, respondeu-me. Dito e feito. Sem discutir, cada qual pôs em obra sua vontade… Estávamos na calçada, não havia o que temer dos veículos. Depois de agradável caminhada de alguns minutos, tendo apreciado o gozo de andar sem ver, as duas estouvadinhas tombaram juntas por cima de umas caixas colocadas à parte de uma loja, por outra, derrubaram-nas. Muito encolerizado, saiu o negociante para levantar a mercadoria. As duas cegas voluntárias se levantaram por si mesmas em boas condições, e corriam a passos largos, com olhos arregalados…”
(História de Uma Alma – manuscritos autobiográficos- Manuscrito A – página 68)
Anúncios