Arquivo | agosto 2012

Quem é o pai?

Mulher guarda teu corpo e salva tua alma.

Nesta tirinha há um personagem que representa a situação de muitas mulheres de nosso país. É esta mãe de muitas crianças, e cada uma de um pai diferente. Ela não é a figura de uma prostituta, pois se fosse, não teria esse tanto de filhos. Certamente as prostitutas se “previnem” e se ainda assim aparece alguma barriga “indesejável”, não duvido que entre em ação o aborto. Também não são as suas vestes que indicam que ela é uma “mulher da vida”, ora, pois, nos dias de hoje até as moças de família se vestem assim. Não deveriam, mas vestem.

Ela é a figura de uma mulher que veio de vários relacionamentos que não deram certo. Quantas mulheres estão aí que se iludem com propostas desonestas de muitos homens que não cumprem com seus compromissos…
Pobres mulheres vítimas do mundo e de si mesmas! Vítimas de sua própria ignorância. Desconhecem o grandioso valor que possuem em si, e trocam esse valor por poeira, por prejuízos.
Essas pobres mulheres não tiveram nenhuma formação espiritual. Pouco conhecem a Deus e pouco O amam; por isso pouco amam ou prezam a si mesmas. Somos criados à imagem e semelhança de Deus, se compreendessem essa verdade, não cairiam elas nessa destruição em que se encontram.
É preciso que o conhecimento de Deus chegue ao coração dessas pessoas, daí não ousariam profanar o templo do Espírito Santo que é o seu próprio corpo.

Ó, mulheres, se conhecessem a jóia preciosa que tem em vós, guardariam sob mil chaves!
Assim como a pérola está guardada sob a concha rígida de uma ostra, deveria estar assim, bem protegida a dignidade da mulher, sob a fortaleza de suas virtudes. Pois Deus concedeu a ela tesouro infinitamente mais valioso que a pérola concedida à ostra.
E é triste ver essa riqueza sendo jogada pelo ralo. Por isso, caríssimos, com essa tirinha os convido a rezar pelas mulheres e os homens que não conhecem e ou não valorizam esse tesouro precioso.
Salve Maria!

Maria Bastos

E quando uma moça católica…

Nós moças católicas que levamos a sério a santa modéstia no vestir e buscamos vivê-la, somos, muitas vezes, chamadas de puritanas e especialmente por mulheres católicas ou que se dizem católicas. Mas nós nos vestimos assim por amor a Deus, buscando ao menos tentar seguir o exemplo de Nossa Senhora, e por caridade e amor ao próximo, especialmente nossos irmãos os homens que são os que mais sofrem hoje em dia com o modo de vestir das mulheres, inclusive católicas.

Criei essa tirinha inspirada no diálogo com alguns rapazes amigos meus. E já vi também apelo de um jovem católico que chegou a pedir para nós moças que tenhamos a caridade de ajudá-los nessa difícil luta pela castidade, pois não é nada fácil para eles. E muitas moças têm o receio de se vestirem bem, cobrindo com recato o seu corpo por medo de os rapazes não as acharem mais atraentes, têm medo de ficarem feias ou parecidas com velhas, mas vou postar aqui um pequeno trecho de uma conversa que tive com um de meus amigos, o Wendel Jam, sobre este assunto:

“Jesus disse: ‘aquele que olhar para uma mulher com desejo de possuí-la já cometeu adultério em sua mente’. Os homens são mais visuais, Maria (…). A mulher é especial nas formas, realmente é algo atraente a se olhar, mas é exatamente porque é tão bom e tão belo que deve ser guardado (…). Como seria bom se as mulheres guardassem seus corpos, assim o que é tão belo, teria o devido valor e respeito. Duvido que alguém sairia com um colar de diamante num lugar cheio de traficantes, ladrões… Por que não expõe o diamante assim na rua? Porque terão pessoas que irão querer roubá-lo! Se a mulher valoriza seu corpo, igualmente não pode expô-lo! Mas a mulher vale mais que o diamante! Então por que se expõem? Também existem os ‘ladrões’ por aí que irão querer aquele corpo apenas para usar e descartar…”

Bom, acho que não preciso dizer mais nada. Salve Maria!

Maria Bastos

Por enquanto seis

É agradável saber, que mesmo nos dias de hoje, temos casais tão generosos que não têm medo de dar filhos pra Deus.

Por outro lado, é lamentável ver quantos casais sonham em ter filhos e não podem, enquanto tantos outros, mesmo jovens e saudáveis, se limitam a ter apenas um ou dois filhos, no máximo três. Muitos alegam que são pobres e não podem sustentar tantos filhos. Sendo assim, não acreditam na Providência Divina, mas apenas em suas próprias fraquezas.

Todos os personagens dessa tirinha existem com exceção da moça reclamona que não quer mais de três filhos.

Essa tirinha é uma homenagem ao casal Tania Cristina e Jony Ogawa que formaram um belo jardim de seis lindas flores!

Deus os abençoe e abençoe a todos os casais generosos!
Que Nossa Senhora conceda filhos aos que tanto esperam.
Salve Maria!

Maria Bastos

Novos personagens

Alô, seguidores!! Enfim voltamos com a novidade anunciada!
Os nossos personagens da turma da modéstia estão de cara nova!

Na verdade, assim que comecei a desenhar essas tirinhas, a minha vontade era de desenhá-los assim (como na mudança) mas eu pensava na possibilidade de colorir as tirinhas, daí o motivo de eu tê-los feito tão simples, com olhos de “pontinhos” rs, para facilitar na hora de colorir. Mas vejo que não terei tempo suficiente para pintar todos esses desenhos, por isso decidi mudar a cara dos personagens. Resolvi fazê-los com mais detalhes, com olhos que me permitam usar mais expressões fisionômicas.

Antes eles tinham cabeça maiores e corpo pequenino, hehe. Agora fiz com cabeça proporcional ao corpo. Caprichei nas roupas também. Ou seja, quis deixar tudo mais bonitinho para melhor agradar vocês, meus caros leitores e seguidores, pois merecem o melhor! =D

Em breve sairá uma tirinha com os personagens de cara nova!

Maria Bastos

Missa ou balada?

Acontece de a gente se arrumar no domingo para ir à Santa Missa, mas quando se chega lá a impressão é que estamos em um baile, uma festa ou outra coisa. Muitas palmas, pulos, movimentos com o corpo, até danças mesmo. E o som é de bateria, guitarra, etc. Muito barulho!!
Infelizmente muitos esqueceram que a Santa Missa é a renovação do Sacrifício de Cristo.

Maria Bastos